Mineirão, Belo Horizonte-MG

Nesta semana o Cruzeiro
conseguiu eliminar o Grêmio
de duas competições

Após desclassificar o Grêmio da Copa do Brasil, novamente o Cruzeiro vence o Grêmio em 2 a 0 no Mineirão, quando todos acreditavam que a decisão seria nos pênaltis e avança na Primeira Liga 2017.

Tudo levava a crer que a decisão do confronto entre Cruzeiro e Grêmio, no jogo realizado nesta quarta-feira, 30, às 21h45, no Mineirão, em Belo Horizonte, seria nos pênaltis. No entanto, mais uma vez, a equipe gaúcha foi surpreendida pela celeste mineira. Nos minutos finais, Raniel, aos 43 minutos, domina a bola na área e chuta bem colocado, contra a meta defendida por Léo Jardim, para dar a classificação para o Cruzeiro. Já nos acréscimos, aos 47, Arrascaeta conseguiu aproveitar o cruzamento de Sassá e define a partida em 2 a 0.

A etapa inicial do jogo foi marcada por grande superioridade do Cruzeiro. O time celeste tinha mais a bola nos pés e criava mais oportunidades. O time mineiro entrou em campo no 4-4-2, tradicional, utilizando bastante Nonoca e Lucas Silva na transição defesa/ataque. Mano Menezes ainda escalou dois homens responsáveis por armar a equipe e dois atacantes, Sóbis de mais mobilidade e Raniel mais centralizado.

A postura mais agressiva do Cruzeiro em campo já era esperada. A Raposa jogava dentro de casa e colocou em campo um time com peças do grupo principal, diferente do Grêmio que tinha um time mais reserva e formado por jogadores da base.

Algo interessante a ser observado, é que o Grêmio, mesmo com garotos da base, sem a presença do técnico Renato Gaúcho no banco de reservas, seguiu com o mesmo modo de jogo, trocando passes e esperando a melhor jogada.

Mesmo com tantas oportunidades criadas pelo Cruzeiro, o duelo ficou no 0 a 0 no primeiro tempo.

Na etapa final, a situação seguiu exatamente a mesma. O Cruzeiro tinha amplo domínio da partida e criava bastante. O goleiro Léo Jardim, por sua vez, seguia imbatível e fazendo um bom jogo.

A partida passou a ganhar mais vida por volta dos 20 minutos. O técnico Mano Menezes bastante irritado com o trio de arbitragem foi expulso. O auxiliar, Sidney Lobo, colocou em campo Alisson, na vaga de Sóbis, na expectativa de dar mais movimentação ofensiva ao time azul. Depois, Sassá foi para o gramado, na vaga de Lucas Silva, pois a Raposa estava mais segura na defesa.

No finalzinho, Raniel, pegou a bola na área e chutou para dar a classificação para o Cruzeiro. Já nos acréscimos, Arrascaeta conseguiu aproveitar o cruzamento de Sassá e ampliou.

A Raposa encara agora o Londrina, no domingo, às 19h (de Brasília). O foco, no entanto, seguirá na Copa do Brasil, já que no dia 7 começa a decisão da final contra o Flamengo.

 

FICHA TÉCNICA

Cruzeiro 2 X 0 Grêmio

Cruzeiro: Rafael, Lennon, Artur (Murilo), Digão e Bryan; Lucas Silva (Sassá), Nonoca, Robinho, Arrascaeta; Rafael Sóbis (Alisson), Raniel
Técnico: Mano Menezes

Grêmio: Léo Jardim; Leonardo Gomes, Rafael Thyere, Bruno Rodrigo e Conrado; Kaio, Machado e Esperon (Dionathã); Patrick (Dudu) e Jean Pyerre; Beto da Silva
Técnico: Felipe Endres

Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 30 de agosto de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Jr (PR)
Assistentes: Victor Hugo Imazu (PR) e Rafael Trombeta (PR)

Gols:
Cruzeiro: Raniel, aos 43 minutos do segundo tempo e Arrascaeta, aos 47 do segundo tempo
Cartões: Arthur, Raniel (Cruzeiro); Machado (Grêmio)

 

Fonte: Gazeta Esportiva
Fotos: Internet
Vídeo: YouTube

 

Enviar Comentário

Deseja enviar um comentário para esta notícia.
Efetue login ou cadastre-se abaixo.

Não tem um login? CADASTRE-SE

Recuperar Senha

Informe o e-mail cadastrado para que possamos estar enviando suas informações de login.

Cadastre-se

Faça seu cadastro no galeraesportiva.com.br

Já tem um login? EFETUAR LOGIN


Mais Esportes >

Leia Também

PUBLICIDADE