São Luís de Montes Belos

Sub 17 perde o 1º jogo,
mas continua
brigando pelo título

O admirável Sub 17 do São Luiz mesmo dominando a partida, perdeu o primeiro jogo contra o Atlético Campineiro, mas continua firme e forte para brigar pelo o que ele acredita ser seu.

A equipe Sub 17 do São Luiz recebeu neste domingo último, 24, 15h30, no Estádio Jutair Neto, o seu tradicional adversário Atlético C. Goianiense, em partida válida pela primeira final do Campeonato Goiano Sub 17 de Futebol 2018.

Para surpresa do torcedor montebelense a equipe da casa, embora tenha apresentado um excelente futebol, com domínio absoluto em campo, ainda assim, devido a erros nas finalizações e uma pitada de sorte do time visitante, não conseguiu evitar a derrota no último minuto por 2 a 1.

O próximo jogo será em Inhumas, no Estádio Zico Brandão, na quinta-feira, 28, 15h30, o qual somente a vitória com a diferença de um gol sacramentará o título de Campeão 2018 para o São Luiz.

O Dragão Campineiro, entrou em campo temendo a reação do Galinho da Montanha se valer do mando de campo partir pra cima e abrir vantagem logo nos primeiros minutos. Com a defesa fechada, aguardando a oportunidade de partir para os contra-ataques, o Atlético não tinha muito o que fazer, senão segurar o jogo e evitar levar uma goleado.

Mesmo o São Luiz, mantendo o domínio do jogo e dificultando a vida dos campineiros, aos 40 minutos do primeiro tempo, o Atlético na sua primeira tentativa de abrir o marcador, de longa distância, o jogador atleticano teve a felicidade de acertar um belo chute indefensável no canto direito do goleiro Aguinaldo Ferleti, que nada pode fazer para evitar.

“O São Luiz exagerou nas oportunidades perdidas. Foi uma maldade a quantidade de bolas perdidas. Era uma após a outra, daí prevaleceu a máxima do futebol, quem não faz leva”, lamenta o treinador Tiago Gomes. 

Foi uma maldade a quantidade de bolas perdidas. Era uma após a outra.   Técnico Tiago Gomes.

Outro argumento do treinador, foi que o São Luiz nesse jogo, não pode contar com dois dos seus principais atacantes e a solução foi improvisar jogadores de outras posições para suprir a ausência dos craques que não puderam jogar.

No segundo tempo a equipe montebelense voltou ainda mais forte, determinada a massacrar o adversário. Tanto é que, logo aos 10 minutos o capitão Luan Barros empatou a partida. A expectativa e a vontade de dar alegria ao torcedor que foi ao estádio cresceu, a autoestima se elevou e o time dominou o jogo até último minuto.

Inexplicavelmente o impossível parecia brincar com a pontaria do ataque montebelense, os chutes a gol no momento das finalizações não entravam. A bruxa parecia que estava solta e a favor do time atleticano. O São Luiz carimbou a trave 4 vezes e o goleiro do Atlético consegui fazer várias defesas inacreditáveis.

Não bastasse, aos 44 minutos, a bola sobrou para o jogador atleticano na entrada da área e, mais uma vez, conseguiu acertar outro indefensável chute e desempatar a partida.

“Por incrível para pareça, os atleticanos chutaram 3 vezes. Um dos chutes, o goleiro montebelense fez uma bela defesa e 2 a bola entrou de forma surpreendente”, conta o treinador.

De acordo com o treinador Tiago Gomes, bastante abatido e desapontado com o resultado, não conseguiu evitar sua profunda angústia. Principalmente, depois do seu time ter jogado bem e ficar no comando do jogo o tempo todo. “Quero agradecer imensamente meus jogadores, vocês foram simplesmente incríveis! Sou muito grato a todos vocês”, manifesta Tiago Gomes. 

“São Luiz provou mais uma vez que é um time de superação. Hoje tivemos problemas sérios com os desfalques. Não é fácil você ter que colocar seu primeiro volante de centroavante e o seu lateral direito no ataque. Mesmo assim, o São Luiz fez um grande jogo. Fomos muito melhores, porém a bola por capricho não entrou. É uma advertência que eu vou considerar como motivação para buscar o resultado lá. Vamos sim, ser campeão, e fazer o máximo do máximo para que isso aconteça de forma brilhante”, exalta o treinador.

Como se estivesse sobrevivido de um tremendo susto, e o desejo incontrolável de reverter o resultado, Tiago Gomes, sob o domínio de uma fúria contida, não pensa noutra coisa, senão provar que sua equipe é realmente muito superior ao time de Campinas e, a qualquer custo vai buscar o título de campeão este ano.

Quero agradecer imensamente meus jogadores, vocês foram simplesmente incríveis!     -  Técnico Tiago Gomes.

O zagueiro Ítalo Augusto (Animal), após o jogo. “Ao meu ver o nosso time foi muito aguerrido, conseguimos trabalhar muito bem a bola sempre visando o gol. Tivemos a infelicidade de perder gols que não podíamos perder, e o time do Atlético foi feliz e competente em acertar 3 chutes e fazer 2 gols”, avalia.

“Quem esteve aqui no Jutair Neto, viu que o nosso time não parou de tentar os gols, sempre pra cima do adversário, mas infelizmente não deu. Futebol é assim, nem toda vez a bola vai entrar. Quinta-feira, estaremos indo para o jogo no estádio do time atleticano, para decidir e definir o campeonato a nosso favor. Estaremos muito preparados e focados com a certeza de que nada é impossível. Para isto vamos trabalhar forte e conseguir o resultado de campeões do Campeonato Goiano Sub 17”, ressaltou o craque Animal.

Na opinião do presidente da FACO, Danillo de Araújo, foi inegável a superioridade dos meninos do São Luiz nesse jogo. “O técnico Tiago também foi muito inteligente na sua decisão de suprir os desfalques do seu time por jogadores de qualidade, os quais cumpriram com grande desempenho suas recomendações táticas”, ressalta o presidente da Faco.

“Fui informado pouco depois que foi confirmado a gravidade do problema. É sério, para o próximo jogo decisivo, o treinador Tiago também não poderá contar com o craque Luan Barros, autor do gol, outra estrela do São Luiz. Após o jogo, ao se submeter a exame médico devido a dores no pé, descobriu que o havia sido fraturado e deverá ficar de molho pelo menor 45 dias. Mais um problema para o treinador Tiago, que ele mais uma vez terá que resolver, mesmo a duras penas, como aconteceu neste jogo. Ele está de parabéns, sem dúvida é um dos melhores do Estado de Goiás”, concluiu Danillo de Araújo.


Técnico Tiago Gomes.


Ítalo Augusto (Animal) e Lucas Sales.

Fotos: arquivo pessoal do treinador Tiago Gomes

 

 

Enviar Comentário

Deseja enviar um comentário para esta notícia.
Efetue login ou cadastre-se abaixo.

Não tem um login? CADASTRE-SE

Recuperar Senha

Informe o e-mail cadastrado para que possamos estar enviando suas informações de login.

Cadastre-se

Faça seu cadastro no galeraesportiva.com.br

Já tem um login? EFETUAR LOGIN


Mais Esportes >

Leia Também

PUBLICIDADE