Zurique-Suiça


O julgamento favorável ao Santos pela Fifa, que aconteceu nesta quinta-feira, 13 de julho, condenou o Barcelona a pagar 2 milhões de euros – cerca de R$ 7,3 milhões, na cotação atual –, mais juros, ao Santos em decisão divulgada hoje.

A pena é referente à compra de Neymar, em 2013. As reclamações do Peixe são diversas, e incluem o valor declarado pelos espanhóis e queixas sobre o acerto ter ocorrido em 2011 sem o consentimento do alvinegro, o que infringe o regulamento de transferências da Fifa. A entidade, como de costume, não explicou os motivos da decisão.

 O valor será depositado em juízo, já que o Barcelona pode recorrer. O Santos, por sua vez, publicou uma nota, nesta quinta-feira, afirmando que os valores ainda não satisfazem o clube e irá a fundo pelos seus direitos.

Argumento: “No dia 27 de maio de 2015, Santos Futebol Clube requereu o início de uma demanda arbitral diante da FIFA contra o Futebol Club Barcelona (FCB) e outros (conjuntamente indicados como Demandados), cujo objeto era a transferência do jogador Neymar Jr ao FCB. Hoje, a FIFA comunicou sua decisão que julgou procedente em parte a arbitragem. De acordo com a decisão do árbitro único, o FCB foi condenado a pagar ao SFC o valor de dois milhões de euros, mais juros de 5% ao ano desde 31 de maio de 2015.

A FIFA comunica apenas o resultado final. Por isso não conhecem os fundamentos jurídicos que o tenham justificado. Entretanto, em que pese o fato de a demanda arbitral ter sido julgada procedente em parte, SFC considera que os argumentos apresentados à FIFA são sólidos e suficientes para uma indenização de valor maior do que a condenação já estabelecida contra o FCB.

 

Fonte: Gazeta Esportiva
Fotos: Internet

 

 


Mais Esportes >

Leia Também

PUBLICIDADE