Firminópolis-GO

Firminópolis é campeão
do Amadorão 2018

A equipe do Aurilândia vence o jogo no tempo regulamentar por 3 a 2. Na decisão por pênaltis o Firminópolis supera nas penalidades e conquista o título.

ESTA MATÉRIA TAMBÉM SERÁ PUBLICADA NA PRÓXIMA EDIÇÃO DA REVISTA GALERA ESPORTIVA

Dia 16 de junho, às 16h, o Estádio Municipal José de Paula Pedrosa de Firminópolis ficou lotado por centenas de torcedores eufóricos e barulhentos ávidos para assistir a grande final do Amadorão 2018, promovido pela Federação Amadora Centro-Oeste (FACO). O primeiro confronto realizado em Aurilândia o jogo terminou com a vitória do Firminópolis Esporte Clube em cima do time da casa por 3 a 2, sinalizando que o próximo jogo decisivo seria um espetáculo envolvente e competitivo. 

Com transmissão exclusiva, ao vivo, através do Facebook, pela PROMOADSON, o jogo ganhou visibilidade digna dos grandes clubes. Para o Aurilândia Esporte Clube somente a vitória interessava, enquanto o time da casa jogava com a vantagem do empate. Entretanto, se o time visitante terminasse o tempo regulamentar vencendo por um tento de diferença a decisão seria nos pênaltis.

O jogo começou com a equipe do Aurilândia só a vitória interessava , mais retrancada, explorando os contra-ataques. O técnico Carlos Alberto, justificou sua estratégia, dizendo que adotou um esquema tático, através do qual, inicialmente, permitisse estudar o seu adversário e, aproveitar as oportunidades nos chutes de longa distância.

“Sabemos que o goleiro Wanderson é um excelente defensor, mas não está na sua melhor fase. Como aconteceu em Aurilândia, aqui também, está soltando as bolas, então resolvemos arriscar. Nós não podemos dar ao luxo de jogar aberto contra uma equipe rápida como é a do Firminópolis”, esclarece o técnico Carlos Alberto.


Técnico do Aurilândia Carlos Alberto e o técnico do Firminópolis Jonatas Felipe (Esfirra) no fair-play.

O técnico Jonatas Felipe (Esfirra) do Firminópolis, por sua vez, enfatizou que até os 40 minutos da etapa inicial, o seu time jogou de acordo com a sua determinação. Trabalhar bem a bola e aproveitar a jogadas pelas pontas, setor no qual os seus atacantes por serem rápidos e habilidosos, poderiam definir a partida. No entanto, o resultado apontava que nem tudo é previsível, tanto é que, o primeiro tempo terminou empatado em 1 a 1.

O primeiro gol convertido pelo meia armador Leandrinho da equipe da casa, aos 28 minutos da etapa inicial, ampliou as chances do time firminopolino que jogava com a vantagem de 1 gol contabilizado no jogo anterior.

O segundo gol, aconteceu nos acréscimos, aos 46 minutos, através de uma cobrança de falta na entrada da área pelo ponteiro direito aurilandense Alan Diemerson, empatando a partida.

“O gol de falta do Alan, não foi surpresa, ele bate bem na bola, é um chutador nato, já fez vários gols na competição de faltas. Nesse gol a bola passou pela barreira, não foi falha do goleiro Wanderson, mas sim mérito do Alan”, pondera o treinador Carlos Alberto.

No entender do técnico firminopolino Jonatas Felipe (Esfirra), o seu time cometeu dois erros infantis. O primeiro, a zaga brincou na entrada da área e causou a falta; o segundo, a barreira abriu permitindo a realização do gol. “Nós tínhamos a vantagem, seguramos e mantemos maior posse de bola. Jogamos com inteligência, faltamos em alguns lances, mas usamos de agressividade na hora de atacar e finalizar”, argumenta o treinador Jonatas Felipe (Esfirra).


Ostentando o troféu, Reinaldo Martins, goleiro Wanderson Tigrão (Goleiro menos vazado da competição),
quarto-zagueiro Salomão, prefeito Jorge e o presidente da FACO Danillo Araújo.

O segundo tempo, começou com os dois times buscando o desempate, mas a situação continuava crítica para a equipe aurilandense que precisava reverter o resultado do jogo anterior. A solução que o treinador Carlos Alberto encontrou, foi adiantar sua equipe na retaguarda, forçar a marcação na frente com os atacantes mais infiltrados. Tática que no primeiro momento representou apenas um paliativo, porque não foi suficientemente eficiente para evitar o gol de desempate e o time da casa ampliar o resultado em 2 a 1. Gol marcado pelo meia-armador Welington Cabeça aos 17 minutos.

Três minutos depois, o Aurilândia empata novamente a partida. Uma falta batida a partir da lateral esquerda do campo, a bola foi alçada na pequena área, o zagueiro do Firminópolis tira de cabeça. No rebote sobra livre para o atacante Paulo Henrique dominar, depois de se livrar de um, de longe, aos 20 minutos, acerta um belíssimo chute indefensável no canto esquerdo do goleiro Wanderson, que nada pode fazer para evitar o gol, 2 a 2.

Aos 29 minutos, depois de uma bela assistência de Lucas Alves na entrada da grande área, a bola é enfiada para Paulo Henrique. No lance a bola sobrou para o zagueiro adversário que não conseguiu dominar. Paulo Henrique aproveitou a falha, depois de deslocar o goleiro Wanderson, enfiou com categoria para o fundo do barbante, fazendo o seu segundo gol na partida e o terceiro para o Aurilândia selar o placar em 3 a 2.

No tempo regulamentar deu Aurilândia vencendo por 3 a 2. Com esse resultado, a decisão acabou nas penalidades máximas. Depois de 11 tentativas, o Firminópolis mais feliz nas cobranças, acaba vencendo a partida por 10 a 9 e conquistando o título de campeão. Depois foi só comemorar com a torcida que aplaudia e gritava de alegria.

Perdemos três oportunidades que no mínimo deveria ter ficado 5 a 2 a nosso favor.       - Técnico Carlos Alberto.

O técnico Carlos Alberto após a derrota, disse que na verdade o seu time foi melhor em campo e podia ter matado o jogo com folga. “Perdemos três oportunidades que no mínimo deveria ter ficado 5 a 2 a nosso favor. Eu ouço um ditado que diz: futebol é loteria, não é não, futebol é competência. Quem faz, é porque teve competência, se o goleiro defende, também porque foi sua competência”, filosofa o treinador.

Ainda, segundo Carlos Alberto, “no primeiro tempo o nosso time estava precisando de gás, de sangue novo nas veias, de incentivo, de uma palavra amiga. Talvez uma bronca, e aconteceu esse resultado maravilhoso que esperávamos: reverter o resultado de virada no tempo normal. Mas infelizmente, futebol é assim mesmo, nos surpreende e nada podemos fazer para mudar o que foi registrado no placar”, enfatiza.

No segundo tempo, de acordo com Jonatas Felipe (Esfirra), o seu time após o gol do empate, ficou apático, não foi valente o suficiente para ganhar como merecido o título que tanto buscou no decorrer do campeonato. Com a decisão na disputa dos pênaltis, a equipe teve outra oportunidade de consertar os erros.

Firminópolis tem essa coisa, é sofrido, mas agora, enche a gente muito mais de orgulho com a comemoração de um título como este.         - Técnico Jonatas Felipe.

“Nós vivemos um bom momento nesses dois jogos finais. O Wanderson Tigrão – goleiro menos vazado na competição – é um bom goleiro, estatura boa, experiente, já vivido em competições da Série A e Série B do campeonato paulista. Contamos com a sua competência e o resultado não poderia ter sido melhor”, considera Esfirra.

E conclui: “Firminópolis tem essa coisa, é sofrido, mas agora, enche a gente muito mais de orgulho com a comemoração de um título como este. Futebol é alegria, infelizmente alguém tem que perder. A equipe do Aurilândia foi perfeita durante o campeonato e está de parabéns”, enaltece.

O prefeito de Firminópolis, Jorge do Escritório, fez questão de parabenizar os jogadores, a comissão técnica e a torcida firminopolina pelo apoio. Para ele, foi muito importante a equipe ter recebido o calor humano de tantos torcedores que lotaram o estádio para torcer e gritar o nome de Firminópolis.

“Foi muito interessante, muito empolgante. Para se ter uma ideia, foram 11 penalidades batidas. Todos os jogadores bateram pênaltis, inclusive os goleiros. Realmente, foi emocionante. Eu imagino que, quem tinha problema sério do coração poderia até ter saído de maca do estádio, porque quem não morreu se curou (risos)”, concluiu o prefeito.


Prefeito Jorge do Escritório ao fundo, Danillo Araújo, Hugão (capitão do Aurilândia), Reinaldo Martins e o comentarista Iris Luiz.


Técnico do Aurilândia Carlos Alberto recebe o cheque referente a premiação de vice entregue pelo presidente da FACO
Danillo Araújo (à direita) e o Diretor de Arbitragem Reinaldo Martins (à esquerda).


Danillo Araújo e Renato filho do prefeito Jorge do Escritório, entregando o troféu de melhor técnico para Jonatas Felipe (Esfirra)


O craque Samuel Dias recebendo o troféu e o cheque conquistados pela artilharia da competição.


Árbitros: Marcelo Novais, Ygor Monteiro, Leandro Cardoso, Luciano Joka e Alexandre Hume.


Torcedores lotaram o Estádio Municipal José de Paula Pedrosa de Firminópolis-GO.

FICHA TÉCNICA

Firminópolis 2 X 3 Aurilândia

Penalidades Máximas: Firminópolis 10 X 9 Aurilândia

Firminópolis: Goleiro, Wanderson Tigrão, Johnim, Thiago Mangueira, Marcos Fernando (Carneiro), Léo, Marquim, Junim Paraíba, André Leonel, Welington Cabeça e João Vitor.
Reservas: João Netto, Salomão, Fabrício, Joanderson, Rodriguinho, Leonardo Sequim, Igor, João Paulo e Anjinho.
Técnico: Jonatas Felipe (Esfirra).

Aurilândia: Goleiro, Daniel Ribeiro, José Roberto, Hugo Saldanha, Maycon de Morais, Marcelo Ferreira, Alan Diemerson, Rosivan Freitas, Pedro Henrique, Paulo Henrique e Renato Severino.
Reservas: Gian Carlos, Weliton Fernandes, Reginaldo Júnior, Lucas Alves, Kennedy Mendes, Arthur Cardoso e Silvio Inácio.
Técnico: Carlos Alberto Tarado.
Massagista: Arthur Sena.

GOLS NO TEMPO REGULAMENTAR:
Firminópolis: Leandrim e Welington Cabeça
Aurilândia: Alan Diemerson e Paulo Henrique (2)

CARTÃO VERMELHO:
Firminópolis: Marcos Fernando (Carneiro)
Aurilândia: José Roberto e Hugo Saldanha (Hugão)

Local: Estádio Municipal José de Paula Pedrosa, em Firminópolis-GO
Data: 16 de junho de 2018, domingo.
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Gomes (FGF)
Assistentes: 1º Ygor Monteiro, 2º Alexandre Hume, 4º Marcelo Novais

 

Fonte: Jornal Galera Esportiva

Enviar Comentário

Deseja enviar um comentário para esta notícia.
Efetue login ou cadastre-se abaixo.

Não tem um login? CADASTRE-SE

Recuperar Senha

Informe o e-mail cadastrado para que possamos estar enviando suas informações de login.

Cadastre-se

Faça seu cadastro no galeraesportiva.com.br

Já tem um login? EFETUAR LOGIN


Mais Esportes >

Leia Também

PUBLICIDADE