Santos vence o Atlético-PR por 3 a 2 na Vila Capanema

O Peixe da Vila Belmiro sob o comando de Levir Culpi, respira aliviado depois de retirar do seu próprio fôlego, a tranquilidade para superar o Furacão dentro da sua arena com uma vitória surpreendente

Vila Capanema-PR
virgula A Libertadores é assim. São jogos de 100%. Nem mais, nem menos. Técnico Levir Culpi virgula


O Atlético-PR perde de virada para o Santos, nesta quarta-feira, 5, e complica sua situação na Libertadores. Enquanto o Santos mesmo em desvantagem por estar jogando fora de casa e amargar três jogos sem vitórias, com tranquilidade consegue surpreender o adversário.

O Furacão com mais volume de jogo aos 6 minutos da etapa inicial, Sidcley avançou pela esquerda, rolou a bola para Nikão, que foi decisivo abrindo o marcador. Tudo parecia que o placar estaria favorável para os paranaenses, por estar diante da sua torcida em plena Vila Capanema. No entanto o Santos, contanto com a experiência dos seus jogadores conseguiu reverter o resultado a seu favor.

Na etapa final o jogo ficou mais equilibrado com os dois times mostrando um futebol eletrizante, e com grandes chances de gols para os dois lados. O Santos contou com a colaboração do goleiro atleticano para abrir o caminho da virada. Após chute de fora da área de Victor Ferraz, Weverton não segurou e ainda viu Bruno Henrique chegar a tempo de empurrar para dentro do gol, antes que a bola cruzasse a linha. O terceiro foi uma pintura. Bruno Henrique entortou Cascardo pela esquerda e cruzou rasteiro. De letra, Kayke desviou para o canto esquerdo da meta paranaense. O Furacão ainda descontou com Éderson, mas não conseguiu o empate.

 “Tivemos os melhores momentos, o time foi equilibrado e mereceu a vitória. Agora temos que colocar a nossa força dentro de casa, principalmente o torcedor, que anda um pouco afastado. Talvez seja por nossa causa, mas temos que ir juntos nessa Libertadores. Vai ser mais fácil se estivermos juntos”, ressalta o técnico Levir Culpi.

No dia 10 de agosto as duas equipes voltarão a se enfrentar, desta vez na Vila Belmiro. Com esta vitória jogando fora, o Santos leva uma grande vantagem para o jogo de volta. O Peixe pode até ser derrotado por 1 a 0 ou 2 a 1, mesmo assim consegue a classificação para as quartas de final da Libertadores. Para Levir, porém, a vaga ainda não está definida.

“É uma situação muito favorável. Resultado foi ótimo. Agora é a nossa vez de jogar em casa, aproveitar a torcida do lado. Ainda está aberto, é claro, porque a Libertadores é assim. São jogos de 100%. Nem mais, nem menos”, concluiu Levir.

 

 

fotos: Internet
Vídeo: YouTube

 


Mais Esportes >

Leia Também

PUBLICIDADE